O filho de Robin Williams cresceu: as fotos da prisão revelam como ele está hoje

Todos nos lembramos de Robin Williams, um ator que nos fazia sentir todo o tipo de emoções, especialmente alegria e esperança.

Infelizmente, Robin Williams partiu demasiado cedo, mas deixou um filho que está a dar que falar pela nobreza do seu caráter.

Zak Williams dedica muito do seu tempo à Penitenciária Estadual de San Quentin, na Califórnia, uma das mais famosas dos EUA, onde está a ajudar a educar os prisioneiros juntamente com um prisioneiro que está a cumprir pena perpétua a quem chamam “Wall Street”.

Os criminosos condenados à morte na Califórnia são trancados em San Quentin, na penitenciária que já tem o próprio código postal: 94964.

Depois da morte repentina e triste do pai, Zak foi à procura de uma forma de ajudar a sociedade, como Robin fazia, e encontrou diversos programas de reabilitação para reclusos.

Foi aí que Zak, que tinha estudado negócios na Universidade de Columbia, conheceu “Wall Street”. Atualmente, os dois educam os prisioneiros através de vários cursos, e possuem uma grande lista de espera de prisioneiros com interesse.

“Estar em San Quentin e tentar transmitir algo, melhorar o valor da vida das pessoas, tudo isso tem sido uma grande ajuda pessoal”, conta Zak Williams.

O seu pai também ajudou bastantes pessoas, pois era um bom atleta e incentivou muitos jovens com deficiência a praticar desporto, tendo colaborado com a Challenged Athletes Foundation, uma organização sem fins lucrativos que ajuda pessoas deficientes.

Aparentemente, Zak saiu ao pai na sua vontade de ajudar os outros e dar algo bom de si à sociedade em que vive.

PARTILHE!

Homem vinga-se do prefeito pela morte da sua árvore favorita

Sem-abrigo reconhece foto de homem que o ajudou há anos atrás