in

Fazem-lhe ecografia após 8 anos sem poder ter filhos. Ela fica sem fôlego quando o médico lhe mostra o ecrã

Engravidar não é uma coisa garantida. Para muitos, formar uma família pode levar muito tempo e não é um caminho de rosas. Ashley e Tyson Gardner levaram oito anos para realizar o seu sonho.

O casal estava prestes a desistir, depois de tantos anos sem conseguir… talvez eles simplesmente não devessem ser pais?

Mas antes disso, decidiram fazer uma última tentativa, recorrendo a fertilização in vitro, procedimento para o qual tinham poupado.

As semanas seguintes foram muito complicadas, com injeções, ultrassonografias, consultas médicas e medos que a tentativa não tivesse sucesso. Felizmente, os médicos encontraram dois embriões que poderiam ter sido implantados no útero de Ashley, e agora eles desejavam que pelo menos um deles conseguisse sobreviver.

O casal teve que esperar mais 10 dias até receber a boa notícia: finalmente, Ashley estava grávida!

Na sétima semana, o primeiro ultrassom foi realizado e os médicos puderam confirmar que o feto estava bem e a desenvolver-se normalmente. Mas a história feliz não terminaria aí…

Os médicos explicaram que os dois embriões tinham sido divididos e, por isso, Ashley e Tyson não esperavam um nem dois filhos, mas sim quatro – dois pares de gémeos idênticos. Este é um fenômeno incrivelmente incomum, uma vez que a probabilidade de isso acontecer é apenas uma em 70 milhões.

O momento em que o casal soube que passaria de uma família de dois para seis foi verdadeiramente chocante e emocionante.

Felizmente, Tyson registou o momento e a reação ficou imortalizada numa imagem. Veja bem a expressão no rosto de Ashley quando ela ouviu a feliz notícia!

Imediatamente depois, o casal criou uma página no Facebook, onde pode acompanhar a vida do casal, agora com as suas quatro filhas que já têm três anos de idade.

PARTILHE!

Simon diz que a primeira performance desta dupla foi “irritante” mas é forçado a engolir as palavras após coreografia arrojada

Aprenda a parar de reclamar e a agradecer por aquilo que tem: só assim atingirá um alto grau de maturidade espiritual