Mãe visita o filho de 6 anos no almoço e descobre que ele está a ser “publicamente envergonhado” por professores

Esta é a história da família de Hunter, que infelizmente não tinha muitas possibilidades, e cujo carro avariou.

Por esse motivo, o pequeno de 6 anos teve de ir a pé para à escola e chegou atrasado, tendo sido publicamente envergonhado pelos professores durante a hora de almoço.

A mãe de Hunter, Nicole, sabia que ele seria castigado pelo atraso, mas estava longe de imaginar qual seria o castigo.

Durante o almoço, Nicole decidiu visitar Hunter na escola Grants Pass, e ver como ele estava, ficando chocada ao entrar no refeitório e ver o que tinha acontecido: o pequeno estava sentado sozinho numa mesa com uma divisória de papelão à frente da casa.

Ele não podia ver nem ter qualquer contacto com os colegas! Havia ainda uma chávena com um “D” de detenção escrito, e como se sentia humilhado, Hunter estava a chorar.

A mãe ficou tão furiosa que resolveu tirar uma fotografia do menino no refeitório, à parte de todos os outros. Indignava-a não só porque ele não costumava chegar atrasado para a escola, como tinham sido apenas alguns minutos, e nada justificava aquilo.

A avó do pequeno também ficou muito triste com a situação e resolveu publicar a fotografia nas redes sociais, a explicar o que acontecer. Rapidamente o caso tornou-se viral, e a comunidade juntou-se para ajudar o menino, oferecendo à família um carro para que aquilo não se voltasse a repetir.

Após a comunidade se mostrar revoltada com o sucedido, a escola decidiu acabar com o castigo do papelão que usavam habitualmente.

Idosos mantidos a sandes e sopa para a Santa Casa poupar!

Açores considerado o destino com as paisagens mais bonitas da Europa