in

Em vez de pagar por uma festa de casamento, eles usaram o dinheiro para viajar 400 dias. Foi a sua lua de mel

Todos os casais apaixonados sonham em casar, numa linda cerimónia, com os familiares e amigos mais próximos como convidados.

Maioria dos casamentos são muito caros, e esgotam as economias do casal, naquilo que no fundo é apenas um dia das suas vidas, embora sem dúvida especial.

Felizmente, há cada vez mais pessoas a encontrar outras formas de celebrar a sua união, como Kaz e Mariko Yamaguchi, recém-casados do Japão, que resolveram usar todo o dinheiro guardado para o casamento para viajar pelo mundo.

A aventura de Kaz e Mariko durou 400 dias, e ficou tudo registado de forma incrível com um drone.

Ao gastar pouco mais de 60 dólares por dia, o casal pôde dar-se ao luxo de viajar por 48 países diferentes. Foram ao arquipélago artificial de Palm Jumeirah, a floresta Amazónica, o deserto Deadvlei na Namíbia, uma das áreas dos povos aborígenes da Etiópia e da cidade murada de Dubrovnik, na Croácia, entre muitos outros destinos.

Antes de partirem em viagem, Kaz comprou o drone sem grandes esperanças, pois não sabia bem como o usar. Contudo, com a prática e o tempo aprendeu a tirar o melhor partido do aparelho, e conseguiu filmagens fantásticas.

Assim, o casal conseguiu registar toda a viagem, e tem até fotografias panorâmicas de grande qualidade para recordar todos os sítios onde estiveram.

“Nós não somos o tipo de pessoas que gosta de tirar selfies, mas como era a nossa lua de mel, decidimos tirar o máximo possível de fotografias. Eu não sabia usar o drone, mas pratiquei algumas vezes no Japão antes de irmos em viagem”, disse Kaz.

Atualmente, o vídeo da viagem do casal está no YouTube e já tem mais de 1.600.000 visualizações.

No final, o casal sente que ganhou muito mais em investir o dinheiro do casamento em conhecer o mundo e partilhar tantos momentos inesquecíveis juntos.

PARTILHE!

Procura-se pessoas para dar carinho a bebés abandonados: a iniciativa desta associação lembra-nos a importância do amor

Barbeiro incentiva crianças a ler oferecendo desconto às que lerem em voz alta