Cegonha macho viaja 14.000 km todos os anos para encontrar a sua companheira incapaz de voar

Esta é a história de um casal de cegonhas, cujo macho viaja 14.000 km anualmente para estar com a sua amada, que deixou de poder voar por causa de um ferimento.

Em 1993, na aldeia de Brodska Varos, na Croácia, Stjepan Vokic feriu por acidente Malena, a cegonha fêmea. “Se a tivesse deixado ferida na lagoa, as raposas tê-la-iam comido. Então, como mudei o seu destino, agora sou responsável pela sua vida”, disse Stjepan.

Infelizmente, Malena perdeu a capacidade de voar devido aos ferimentos, e já lá vão 16 anos desde que Klepetan, o seu companheiro, voa da África do Sul para a ver todos os anos.

Este ano, o casal que já teve 62 filhos desde que se conheceu, reuniu-se novamente no final de março, por isso a família vai crescer ainda mais.

Klepetan possui um anel de localização, e assim descobriu-se que ele vem de perto da Cidade do Cabo, na África do Sul, a aproximadamente 14.500 km da companheira croata, o que requer cerca de um mês de voo.

Os filhos do casal aprenderam a voar com o pai, e migram com ele em agosto para o sul da Áfica. Entretanto, Malena é cuidada por Stjepan, que construiu um prédio de armazenamento para a ave poder passar o inverno aconchegada.

Veja a reunião de Malena e Klepetan no vídeo abaixo e PARTILHE!

Idosa moribunda vê seu último desejo ser cumprido por um médico com coração de ouro

Muitos ignoram os sintomas de hipertensão: saiba o sinal de alerta que todos deveriam conhecer