in

Pai encontra envelope selado escondido no porta-luvas da filha com “informações do novo carro” e a história torna-se viral

Kevin Duke comprou um carro usado para a filha, pois ela ia fazer 16 anos em poucas semanas e ele queria garantir que ela tinha um veículo seguro e confiável. Então, quando um cliente do seu trabalho de construção lhe falou de um carro que viu à venda na beira da estrada, ele decidiu dar uma espreitadela.

Ele levou-o para um test drive, fez algumas pesquisas e uma oferta razoável. O vendedor concordou sem protestar e o carro passou para as suas mãos numa questão de horas. Mas o pai amoroso não fazia ideia da mensagem secreta que estava escondida dentro do carro…

Kevin contou o que aconteceu quando ele estava a vasculhar o carro algumas semanas depois de comprá-lo no Facebook:

“Eu comprei à minha filha, Jada, um carro usado há algumas semanas. Como ainda falta um pouco para ela fazer 16 anos, tenho-o conduzido para ver se há algum problema antes de lho dar. Ontem, estava a mexer nele quando abri o porta-luvas (que já abri meia dúzia de vezes).

Desta vez, reparei num tapete de borracha ao fundo e, por alguma razão, puxei-o para fora. Para minha surpresa, encontrei um envelope com uma carta lá dentro. Eu não vou mentir, derramei algumas lágrimas.

Isto é o que a carta oculta dizia:

“Para a pessoa que ficar com este carro,

Eu só queria que você soubesse o veículo especial que comprou. Este carro pertenceu à minha mãe. Ela faleceu no dia 25 de fevereiro de 2015, num incêndio em casa juntamente com a minha filha de 6 anos e a minha tia. A última vez que a minha mãe conduziu este carro foi no dia em que ela nos deixou. Ela e a minha filha saíram para ir às compras e cortaram o cabelo…

Este carro tem muitas lembranças especiais para mim. A minha casa e tudo o que há nela desapareceu, e este carro é tudo o que sobrou.

Houve um problema com a papelada e isso fez com que o carro não fosse pago pelo seguro. É muito perturbador que eu tenha perdido a minha família, a minha casa e agora estou a perder este último elo que tenho com a minha mãe e filha sem nenhuma falha minha.

Eu não estou zangada consigo. Espero que este carro seja o melhor carro que já teve. Espero que funcione por mais 100 anos. Espero que o banco de trás esteja cheio de crianças, brinquedos e coisas aleatórias. A minha família encheu este carro com muito amor e outras coisas pegajosas. Fizemos viagens de carro, tocámos música country e dos anos 80 e abaixámos as janelas. Eu mudei mais fraldas no banco de trás que aquelas que consigo contar. Provavelmente, há lápis de cera ou chupas escondido em algum lugar, que pertenceram à minha bebé. Talvez um nugget inteiro. HA!

Eu não sei se vai ver, mas pode haver um ponto sujo no painel. A minha filha e eu fingiríamos ir em aventuras enquanto nos sentávamos na calçada e ela punha sempre os pés ali. A marca no para-choques do lado do condutor e na porta do lado do passageiro são de quando a minha filha aprendeu a andar e a travar na sua bicicleta, alguns meses antes da sua morte. Eu sei que é apenas um carro para si, mas para mim é muito mais.

A vida aconteceu neste carro.

Amor, alegria e aventura foram vividos neste carro. Então, agora que é seu, lembre-se que não é apenas um carro. É uma lembrança. Este carro, com todas as suas peculiaridades, é a última peça da minha família. Seja gentil com ele. Toque uma música country. “Big Green Tractor” era a música preferida da minha filha, ou um pouco de Lynyrd Skynyrd, “Freebird”. Essa música significou muito para nós, e eu toquei-a nos seus funerais.

Você está a andar com anjos. Os meus anjos.

Fale com eles se quiser, tenho a certeza de que gostariam de ver e ouvir sobre quaisquer novas aventuras que você fizer neste carro. A propósito, o nome do carro é Sylvia. No primeiro dia em que a minha mãe comprou este carro, todos nós passeámos e a música “Sylvia’s Mother” de Dr. Hook tocou na rádio. O nome ficou na nossa cabeça, e a minha filha disse que devíamos dar esse nome ao carro. Então, por favor, não mude o nome dela.

Se quiser vender a Sylvia, por favor, tente encontrar-me. Acabei de pagar três funerais, não posso comprá-lo agora, mas espero estar numa situação financeira melhor um dia, se você decidir mais tarde que já não quer o carro.

Seja abençoado, seja feliz, viva e ame como nós fizemos. Desejo-lhe a si e à Sylvia o melhor!”

Depois de fazer uma pequena pesquisa, Kevin descobriu quem escreveu a carta: uma mulher chamada Sabrina Archey. Ele descobriu que o passado de Sabrina era tão doloroso quanto a carta descrevia, e partilhou a carta online, com a permissão de Sabrina. As pessoas comentaram em peso, sobre como gostariam de poder fazer algo – como ele fez!

Com a ajuda de outros utilizadores, Kevin conseguiu abrir uma página de doações para Sabrina.

“Eu não queria ganhar dinheiro com isto. Se eu pudesse ter recursos para substituir o carro, então eu ter-lho-ia dado”, conta Kevin.

Ele nunca esperou todo o amor e carinho que as pessoas lhe deram, pois dentro de algumas semanas, a sua história apareceu no “This Is Life Live”.

Agora, Sabrina tem Sylvia de volta e Jada é a orgulhosa proprietária de um (ligeiramente mais novo) Ford Fusion prateado chamado “Sylvia 2”.

Com o poder do amor e da compaixão humana, tudo acabou perfeitamente. PARTILHE!

Uma enfermeira tinha cuidado dele porque nasceu prematuro: 30 anos depois eles encontraram-se no mesmo hospital

Emocionante: cavalo despede-se do dono no velório