in

Mulher apaixona-se por homem com quem nunca quis sair

Esta é a história de Carli Hamilton, uma jovem residente em Utah, nos EUA, que nasceu com atrofia muscular espinhal, uma doença hereditária rara.

Esta condição provoca a paralisia dos músculos da perna e também reduz a expectativa de vida, tendo afetado Carli desde criança.

Carli anda de cadeira de rodas e enfrenta diariamente o medo da morte prematura. “Os médicos disseram aos meus pais que provavelmente eu não comemoraria o 5º aniversário. Adiavam constantemente a minha expectativa de vida, de forma que eu nem sequer sabia quando mais tempo realmente tinha”, conta a jovem.

Com o tempo, foi perdendo todas as esperanças, incluindo a de encontrar o amor. “Tive vários encontros, mas sem grande sucesso. Ninguém poderia imaginar um futuro comigo. Não sei se posso ter filhos ou o que acontecerá em cinco anos. Os homens não conseguem lidar com isso, portanto parei de sair em encontros. Aceitei que a rapariga na cadeira de rodas será sempre solteira”, desabafou.

Após concluir a faculdade, mudou-se com a melhor amiga de Utah para a Califórnia, e passadas algumas semanas conhecem um jovem numa igreja, pela qual não se sentiu atraída. No fim de uma missa, o rapaz dirigiu-se a ela. “Perguntou-me de onde vinha, entre outras coisas. Para minha surpresa, ele não parecia importar-se com a minha cadeira de rodas. Normalmente, não demora muito até alguém perguntar sobre ela. Gostaria de dizer que foi amor à primeira vista, mas na realidade isso não despertou em mim”, lembra.

O jovem, chamado Jared, deu-lhe o seu número de telemóvel, e nos primeiros meses ainda trocaram algumas mensagens, mas não muitas uma vez que Carli não queria sair com ninguém.

Só ao fim de três meses é que Carli concordou em vê-lo de novo, e mesmo aí continuou sem perceber como é que Jared poderia interessar-se por ela, tendo em conta a sua condição. Ainda assim, os dois ficaram amigos.

Passado um ano, a melho amiga de Carli casou e quis regressar a Utah, mas o apartamento tinha sido alugado pelas duas e Carli não conseguia pagar sozinha. Também pensou em voltar para Utah, mas quando Jared soube disso convidou-a a ficar com ele na casa da sua família até encontrar outro apartamento.

Aí, Carli compreendeu que Jared sentia algo forte por ela, e era muito diferente de todos os outros rapazes que já tinha conhecido. Ao lado dele, nunca se sentiu insegura.

A partir daí, Carli começou a sair com Jared. “Ele levou-me a um restaurante com uma vista para o mar de tirar o fôlego. Depois da refeição, perguntei se podíamos passear mais um pouco. Ele andava enquanto eu ia na minha cadeira de rodas. Não sei porquê, mas ele pegou na minha mão de repente e pareceu certo. Naquela noite, percebi que me tinha apaixonado pelo homem com quem não queria sair”, conta.

Ver esta publicação no Instagram

Picture the best dessert you’ve ever had, now multiply that by one million, and that’s how amazing their love is💕 . . . . Flowers @plainjaneposy . . . . . #weddingday #weddinginspo #bohoweddingdress #bohobride #weddingdress #weddingstyle #destinationphotographer #destinationweddingphotographer #ocweddingphotographer #laweddingphotographer #chicagophotographer #chicagoweddingphotographer #candidmoments #engaged #engagementphotos #truelove #love #oregonweddingphotographer #wedventure #elopementlove #wildelopements #photobugcommunity #arizonaweddingphotographer #utahweddingphotographer #firstsandlasts #lighting #radstorytellers #DIRTYBOOTSANDMESSYHAIR @junebugweddings @greenweddingshoes @adventurebrides #wdofficial #photog102 @weddingchicks @junebugweddings @wedventuremag @ruffledblog

Uma publicação partilhada por Ariele (@ariele_photography) a

Agora, e desde 2017, Carli e Jared estão casados e felizes. Para ele, a condição de Carli nunca constituiu um problema, pois vê nela o amor da sua vida.

PARTILHE!

Trio talentoso deslumbra a plateia com performance incrível

Esta mãe com um bebé de 4 meses ao colo foi o centro de atenções quando distribuiu saquinhos pelos passageiros no avião