Cão “herói” que salvou vidas em terramoto foi envenenado

O cão de raça pastor alemão chamado Kaos, que foi considerado um herói após salvar vidas no terramoto que assolou a região de Amatrice, Itália, em 2016, foi envenenado.

Kaos tornou-se conhecido por ter encontrado diversas vítimas vivas entre os escombros nas primeiras horas depois do terramoto de 6,2 graus na escala de Richter, que matou 230 pessoas.

Foi Fabiano Ettore, o dono do cão, que o levou para o local da tragédia, onde este ajudou no resgate durante ao longo de semanas.

No passado sábado, Fabiano encontrou Kaos morto no jardim da sua casa, em Sant’Eusanio Forconese.

“Não tenho palavras. Não consigo entender esta atitude horrível. Ele estava vivo até pelo menos há duas horas, eu ouvi-o ladrar”, escreveu o dono do pastor alemão.

Entretanto, Rinaldo Sidoli, gerente de comunicação da Animalisti Italiani, entidade de defesa dos animais na Itália, escreveu o seguinte desabafo: “mataram o herói que usou as suas quatro patas para encontrar sobreviventes – Kaos salvou humanos, e os humanos envenenaram-no”.

Nascido no início do ano de 2015 em Roma, Kaos já tinha participado na missão de resgate no terramoto de Norcia, passado um ano. Há pouco tempo, tinha ajudado a encontrar um homem perdido.

“Não vamos descansar até fazer justiça”, garantiu Rinaldo, e a polícia já se encontra a investigar o caso.

A polícia compra sapatos para uma criança depois de vê-la a caminhar só de meias

Esta imagem mostra por que é que devemos dar uvas já cortadas às crianças