Mãe pensou que tinha oferecido um brinquedo inocente à sua filha. Mas ela não sabia o perigo que estava a colocar-lhe nas mãos

O Fidget Spinner é o famoso brinquedo do momento, que todos os jovens querem ter. Mesmo sendo um objeto bastante simples, tem ganho popularidade por todo o mundo, sendo um dos mais desejados deste ano.

Este brinquedo teve origem numa mãe que, devido a uma doença, se viu desabilitada de poder brincar com a sua filha, então procurou opções para entreter a pequena, chegando à invenção do Fidget Spinner. O brinquedo é composto por um revestimento e rolamentos, e quanto mais força se faz para rodar, mais rápido este roda sobre o seu centro.

O Fidget Spinner parecia ser inofensivo devido à sua simplicidade, no entanto, há alguns dias atrás, surgiu uma notícia que veio mostrar que este não é assim tão inofensivo quanto se diz.

É a história da filha de Kelly Rose que, devido ao brinquedo em questão, quase perdeu a vida. No dia 13 de maio deste mesmo ano, estava Kelly a dirigir-se de carro para casa com a sua filha, quando ouviu uns barulhos estranhos vindos do banco de trás.

Então, acabou por dar com a sua filha com o rosto completamente vermelho, a engasgar-se e a babar-se compulsivamente. De imediato, parou o carro e aplicou a manobra Heimlich com esperança de conseguir livrar a sua filha de tal sofrimento, mas nada saiu da garganta da pequena.

A filha de Kelly conseguiu acalmar-se um pouco e explicar à mãe o porquê de estar assim com muito esforço: ela tinha engolido uma peça do brinquedo enquanto o tentava limpar. Kelly rapidamente voltou ao lugar de condutora e levou-a para as urgências mais próximas, porém lá não a conseguiram ajudar, pois não encontraram a dita peça. A menina foi então transferida para o Hospital Infantil do Texas.

“O médico ficou fascinado. Naquela manhã, tinha conhecido os ‘Spinners’ quando estava no centro comercial com o seu filho, e ficou muito surpreendido ao ter um caso desses apenas algumas horas mais tarde. Ele também é um defensor da segurança em brinquedos para crianças, então ficou especialmente interessado nesse caso”, conta Kelly.

Após a primeira conversa com o médico, a filha de Kelly foi logo realizar um raio-X, para se descobrir onde a peça se tinha alojado. Seguiu-se o processo de remoção da peça, que se encontrava no esófago, tendo sido preciso sedar a menina e realizar uma endoscopia. Ela acabou por sobreviver, pois a peça estava numa posição que lhe permitia respirar, mesmo com dificuldades.

Depois deste grande susto, Kelly deixou uma mensagem que era importante todos os pais ou encarregados de crianças pequenas lessem:

“A partir desta experiência, eu gostaria de alertar os pais. Os ‘Spinners’ são a última moda, por isso eles estão a ser amplamente distribuídos. Crianças de todas as idades podem recebê-los, mas nem todos os ‘Spinners’ vêm com um aviso apropriado em relação à idade de uso. As peças saem facilmente, por isso, se você tiver crianças pequenas (menores de 8 anos), tenha em mente que este brinquedo pode potencialmente causar asfixia.”

Gosto desta publicação -->

É importante manter isso em mente, e mesmo não sendo uma criança com menos de 8 anos, devemos sempre alertar as crianças para o perigo que estes brinquedos podem apresentar.

PARTILHE!

Noivo admite que ama outra – quando ele aponta para essa convidada, a noiva começa a chorar!

Maluco Mágico Japonês Não Teme o Perigo e Deixa Todos Atordoados Em Programa De Talentos