in

Família de adolescente grávida disse-lhe que o namorado dela a ia abandonar. Ele provou que todos estavam errados

Criar um filho é uma grande responsabilidade, para a qual muitas pessoas ainda não estão preparadas – quanto mais quando se trata de adolescentes. No entanto, alguns surpreendem-nos e esforçam-se muito para fazer o seu melhor, como Caitlin Fladager, que descobriu que estava grávida quando ainda era adolescente.

Caitlin e o seu então namorado, Noah, eram jovens e apaixonados, e a relação acabou por gerar uma gravidez. Naturalmente, ela estava aterrorizada e os adultos na sua vida não ajudaram a aliviar as suas preocupações. Eles envergonharam Caitlin e disseram que Noah a abandonaria e à criança.

Então, ela enfrentou o seu namorado, irritada com ele não pelo que ele fez, mas pelo que os adultos da vida dela assumiram que ele iria fazer. Noah, talvez um pouco irritado, disse-lhe que ela precisava de esperar e ver.

Caitlin não teve de esperar muito, pois a sua filha Arianna nasceu, e Noah esteve envolvido em cada etapa do processo. No final, Noah pediu-a em casamento e acabaram por casar.

“O meu marido tinha apenas 17 anos quando eu engravidei da nossa filha e me disseram para esperar que ele partisse. Há 4 anos atrás, quando perguntei como ele seria diferente de qualquer outro pai adolescente, ele disse: eu acho que vais ter que esperar para ver”, escreveu Caitlin no Twitter.

Mesmo que pareça que esta jovem família tenha uma vida perfeita, eles ainda enfrentam algumas lutas. Caitlin sofre de problemas de ansiedade, escrevendo nas redes sociais que parece que está sob ataque pela sua própria mente. Esse tipo de aflição mental é bastante difícil para qualquer um, mas seria ainda pior se Caitlin fosse mãe solteira.

Mas ela não está sozinha. Noah está lá para ela, tanto quanto está lá para Arianna e o seu segundo filho, um menino chamado Jack. A sua família é perfeita e pode servir como uma inspiração para outras famílias que foram julgadas desde o início.

Noah, por sua vez, é um pai devoto. Ele leva a sua menina em passeios mensalmente, para que Caitlin possa ter algum tempo para si mesma, e ele e Arianna possam passar algum tempo só os dois. Primeiro, a menina escolhe uma roupa especial, então, Noah dá-lhe flores e, finalmente, os dois saem para jantar ou comer uma sobremesa.

Ele também carrega uma fotografia de Arianna no seu porta-chaves. Quando ela perguntou o porque, ele disse que a fotografia lhe dava forças para continuar.

A família de Caitlin e Noah é forte, apesar de quão jovens eram ambos quando começou. Apesar de os adultos terem assumido erradamente o pior de Noah e preocupado Caitlin com medos infundados, os dois adolescentes provaram que todos estavam errados.

Não há vidas perfeitas, mas Caitlin e Noah encontraram forças um no outro e nos seus filhos. Embora exista muito que podemos aprender com eles, talvez a maior lição seja a que não se deve tirar conclusões precipitadas.

PARTILHE!

Ex-elefantes de circo são separados, 22 anos depois reencontram-se

Aos 70 anos e após já ter trabalhado como empregada doméstica, dona Ivete realiza o sonho de se formar