Ele ouve gritos de casa abandonada e acaba por encontrar a filha desaparecida sangrar

Bethany Arceneaux, uma mãe solteira de 29 anos, esteve desaparecida durante 3 dias, e a família ficou desesperada, pois para além disso, a polícia não fazia nada.

A família de Bethany soube através de uma testemunha que esta tinha sido raptada pelo ex-namorado agressivo, mas o seu paradeiro era completamente desconhecido.

A mulher tinha sido vista por um colega, quando esta foi puxada do carro para um estacionamento, pelo seu ex-namorado e pai do seu filho de 2 anos.

O colega tentou correr até ao carro, enquanto Bethany gritava que este levasse o menino, e ainda conseguiu agarrar no pequeno, mas já não foi a tempo de impedir a fuga do homem com ela.

Algumas pistas levaram a família de Bethany até uma casa abandonada, relativamente perto de onde tinha sido encontrado o carro do seu ex-namorado.

Seis dos membros da família de Bethany, cansados da inatividade das autoridades, juntaram-se a vizinhos e amigos e dirigiram-se à casa abandonada, onde ouviram gritos.

Os irmãos dela pontapearam a porta, conseguindo assim abri-la, mas nada os poderia preparar para o que iriam ver.

Diante deles, o ex-namorado de Bethany estava a agredi-la com toda a violência, e esta já estava a morrer, ensanguentada e em pânico.

Um dos familiares não hesitou e agarrou na arma que tinham adquirido para a situação, atirando sobre o ex-namorado de Bethany.

Felizmente, Bethany sobreviveu, mas ficou gravemente ferida. Quanto aos seus familiares, nenhum deles vai ser acusado porque agiram em defesa.

Esta é a prova de que se faz tudo pela família. PARTILHE!

Mãe espera enterrar o bebé à nascença, mas o médico regressa à sala de parto perplexo

Mãe pensa que o parto não podia ter corrido melhor, até que o médico faz algo que ela nunca esquecerá