in

As pessoas que não têm o que fazer na vida tendem a falar mal dos outros

Hoje vamos dar-lhe a conhecer uma história sobre um filósofo muito sábio e o seu jovem discípulo, que ensina alguns valores muito importantes que devemos considerar ao longo da nossa vida.

“Certo dia, o jovem chegou a casa do mestre e disse:

– Mestre, um amigo falou mal de si.

– Espere – interrompeu o filósofo – passaste pelos três filtros o que estás prestes a dizer-me?

– Os três filtros? – questionou o discípulo.

– Sim. O primeiro é a verdade. Tem a certeza que o que me quer dizer é absolutamente verdade?

– Não, ouvi de alguns vizinhos – disse o jovem.

– Pelo menos o segundo filtro deves ter usado. O da bondade. O que tem para me dizer é positivo para alguém? – perguntou o sábio.

– Não, na verdade não, pelo contrário.

– Ah, então passamos para o último filtro, o da necessidade. É necessário deixar-se saber o que te preocupa tanto?

– Para dizer a verdade, não – afirmou o discípulo.

– Então – disse o sábio, com um sorriso – não é verdade, não é bom e não é necessário. Vamos deixar para segundo plano.”

Se vivermos de acordo com os filtros da verdade, bondade e necessidade, certamente vamos ficar rodeados de felicidade e amor.

PARTILHE!

Lembra-se de Susan Boyle? Ela está de volta ao “Got Talent” e deixa todos de boca aberta

Trabalhador esconde Wally na construção para as crianças no hospital ao lado