in

Aos 92 anos, pediatra atende crianças gratuitamente todas as semanas

Hoje vamos dar-lhe a conhecer Ivan Fontoura, irmão do conhecido ator veterano da Rede Globo, Ary Fontoura.

Recentemente, Ary quis homenagear o irmão e publicou no Instagram uma linda dedicatória:

“Ivan Fontoura, médico pediatra que, apesar de aposentado, aos 92 anos presta serviços gratuitos às crianças do pontal do Paraná. As minhas homenagens por este exemplo extraordinário de amor ao próximo! Te amo meu irmão.”

Ivan é um médico pediatra com 92 anos, que apesar da idade avançada, nunca deixou o ofício. Todas as segundas e quintas-feiras, Ivan faz questão de atender crianças no posto de saúde em Praia de Leste, em Pontal do Paraná (Brasil) de forma gratuita.

“Eu já ganhei dinheiro que dá para viver. Sempre senti uma ligação com as crianças com necessidades, na parte social, e quis continuar. O povo conhece-me e procura-me”, diz Ivan, que se formou em Medicina no ano de 1951, pela Universidade Federal do Paraná. Para além disso, tem uma pós-graduação e mestrado na Universidade da Califórnia e um doutorado em Sourbone (França).

Ivan já recebeu as duas maiores honrarias por parte do Conselho de Medicina do Paraná: o Diploma de Mérito Ético-Profissional, por 50 anos dedicados à atividade, e a Medalha de Lucas – Tributo ao Mérito Médico, devido ao seu trabalho médico e social.

Durante a sua vida, Ivan já foi diretor de hospitais, entre eles o Pequeno Príncipe, onde se reformou em 2005, depois de ter implementado um sistema de atendimento mais humanizado.

“Eu comecei a querer ser médico após receber uma visita de um cirurgião, há quase 90 anos. Vi o atendimento dele e foi mágico. Devagarinho, fui estudando, sempre a pensar em ser médico. A Medicina deu e dá muito trabalho, mas é uma fonte de muita alegria. Compensa muito”, disse o pediatra.

Mesmo já tendo 92 anos, Ivan não coloca a hipótese de deixar de atender pessoas. “Vou fazê-lo até não poder mais. Quero morrer de pé. Sofro fisicamente, porque trabalho sem parar, só descansado para tomar um café, mas ser médico é isso. Depois recompomo-nos e continuamos”, explicou.

PARTILHE!

Estudo determina que viajar dá mais felicidade do que casar e ter filhos

Crianças teimosas e rebeldes são mais propensas a ter sucesso no futuro, segundo um estudo