SEGUE O PARTILHADO NO FACEBOOK

Hoje vamos falar-lhe de um advogado, Rafael Gonçalves, natural de São Sebastião do Paraíso (Minas Gerais, Brasil), que foi procurado por uma mulher que se queria divorciar. Para o efeito de preparação da papelada, a mulher apresentou-lhe todos os factos.

Durante as conversas, ele adquiriu a sensação de que a separação talvez não fosse a coisa mais certa a fazer.

“Vi que ainda existia carinho. Ela contou que o marido tinha deixado de ser a pessoa que era antes de casarem, que já não a surpreendia e tinha mudado, mas que ainda gostava dele” explica o advogado.

Rafael, que exerce a profissão há apenas dois anos, resolveu anotar não só os documentos necessários para o processo legal do divórcio mas também quatro perguntas pertinentes.

Explicou-lhe o porquê das perguntas e disse-lhe para pedir ao marido que respondesse também.

Dias depois, a mulher voltou com o marido para agradecer a Rafael e devolver-lhe o papel. Tinham reatado a relação!

Feliz com o sucesso, o advogado contou a história no Facebook e, pouco tempo depois, a publicação já tinha sido partilhada mais de 12 mil vezes.

“Perdi uma cliente, mas ganhei um casal de amigos! Na faculdade aprendi a intermediar um conflito e a ajudar a resolvê-lo antes de partir para o campo jurídico. E foi isso que fiz.” Conta o advogado.

Rafael, que se encontra agora a estudar para ser juiz, está prestes a casar-se e dá o seguinte conselho: “Pegar numa folha e escrever todos os motivos que fizeram os dois chegar ao casamento, anotar as brigas, os momentos bons e as dificuldades que ultrapassaram juntos. Num momento de crise, basta pegar na folha e relembrar tudo isso”.

Gosto desta publicação -->


Boa estratégia, não concorda? Se sim, PARTILHE!

Advogado salva casamento com 4 perguntas simples escritas num bilhete

SEGUE O PARTILHADO NO FACEBOOK

Mais Populares

To Top