ADN de fezes de cão analisado para multar donos descuidados

Em muitas cidades da Europa, deixar as fezes do cão no chão dá direito a multa, e recentemente um município de Espanha ir mais a fundo da questão.

Parets del Vallès, em Barcelona, vai analisar os excrementos dos animais geneticamente para poder multar os donos. Embora seja um projeto dispendioso, parece ser a única maneira de chegar aos donos mais descuidados.

“Vimos que este tipo de iniciativa já estão a ser levadas a cabo nos EUA, onde as pessoas em algumas localidades têm que apresentar a identificação genética do animal de estimação”, disse Oscar Ramírez, diretor do projeto.

Entretanto, a cidade já fez uma campanha de apoio aos habitantes para estes registarem a ADN dos seus animais.

“Passámos dos 700 animais inscritos para mais de 1200. Quando nos chega uma amostra, a primeira coisa que fazemos é comprovar se tem um ADN único. É que pode acontecer que um outro animal tenha urinado em cima da amostra, invalidando assim a prova”, esclarece o diretor.

PARTILHE!

A diferença entre ser sogra do genro e sogra da nora

Corredora atenta salva uma bebé que pensava estar abandonada