in

A solidão dos avós: a curta-metragem que tem emocionado o mundo

Hoje vamos dar-lhe a conhecer um trabalho de Laura Stewart, animadora profissional, que conseguiu captar na perfeição a melancolia e sofrimento que os idosos solitários sentem numa curta-metragem.

Infelizmente, nos últimos tempos tem-se visto uma geração de pais sem filhos presentes, o que os faz sentir muito tristes e sozinhos – até mesmo abandonados.

O problema da solidão na terceira idade, altura da vida em que se precisa tanto de cuidado e amor, não é propriamente recente, mas tem aumentado cada vez mais.

Para consciencializar as pessoas para esta triste realidade e estimulá-las a ser mais presentes na vida dos mais velhos, Laura Stewart fez uma curta-metragem que tem emocionado as pessoas por todo o mundo.

Veja e PARTILHE!

Mãe morre 27 horas depois do parto – então, o instinto do marido diz-lhe para ir ao computador imediatamente

Uma mãe expulsa o filho gay de casa, mas o avô materno defende-o