in ,

Depois de dar à luz aos 13 anos, adolescente cala o mundo e vai à gala de finalistas com a filha

Esta é a história de Kayleigh Snaith, que era apenas uma criança quando descobriu que estava grávida. Ao início, tentou esconder isso dos pais e professores, mas rapidamente o seu segredo foi revelado.

Os pais de Kayleigh só descobriram tudo aos 6 meses de gravidez, e resolveram apoiá-la, uma vez que também já não havia nada que se pudesse fazer.

Então, Kayleigh deu à luz à pequena Harley com apenas 13 anos, no dia 6 de maio de 2016. “Ela era tão bonita com as suas bochechas grandes e parecia tão feliz. Ela é o meu raio de sol e estou tão orgulhosa de ser a sua mãe! Eu nunca me arrependerei de a ter dado à luz, nem me envergonharei disso”, diz Kayleigh.

Embora ame a filha com todo o coração, não foi fácil lidar com os comentários negativos das pessoas à sua volta, que diziam que ela tinha estragado a sua vida e até que era nojento. A jovem viu-se forçada a ir para a escola a tempo parcial devido ao nascimento da bebé, mas voltou a tempo integral quando esta fez 1 mês.

Muitas pessoas disseram que ela não ia conseguir ser mãe e estudar ao mesmo tempo, mas isso só a motivou mais a provar a todos que era capaz.

No final, para além de ter concluído o secundário, Kayleigh foi aceite na universidade, no curso de música, pelo que continuará a estudar em Setembro.

Para simbolizar o final de uma etapa, Kayleigh quis tirar algumas fotografias com a filha de 2 anos, na gala de finalistas, e vestiu-a como uma princesa.

“Eu queria ser acompanhada pela minha menina na gala de finalistas e mostrar que ela é a minha princesinha. Espero que ela saiba, ao crescer, que merece o melhor e nunca se deve contentar com menos do que isso. Ela deve sempre ser tratada com amor e respeito. Eu também queria mostrar a todos os que pensaram que eu não conseguiria acabar a escola ou ser uma boa mãe, que consegui fazer as duas coisas. Por isso, estou aqui a celebrar o fim dos meus estudos no secundário com a minha filha”, disse a jovem.

É certo que não foi fácil, pois Kayleigh teve de passar muitas noites em claro devido à filha e aos exames, mas felizmente pôde contar com a ajuda dos pais, com quem ainda mora em Stanley, na Inglaterra.

“Espero que, ao partilhar as minhas fotografias, outros pais jovens vejam que não é o fim do mundo ter um filho quando somos adolescentes. Não importa o que as pessoas dizem ou pensam, se ultrapassarem os vossos limites, podem alcançar as metas que definiram para vocês”, incentiva Kayleigh. PARTILHE!

8 truques de limpeza que deveria ter conhecido há muito tempo!

Polícia vai ao encontro de uma mendiga – então, 4 companheiros aparecem e revelam as suas intenções secretas