in

Mãe morre 27 horas depois do parto – então, o instinto do marido diz-lhe para ir ao computador imediatamente

A vida pode mudar rapidamente num piscar de olhos, por isso é importante aproveitar cada momento, cada segundo e cada dia como se não houvesse amanhã. Matt Logelin sabe bem disso.

No ano de 2008, quando tinha acabado de se tornar pai, a alegria que sentia rapidamente deu lugar a uma grande tristeza. Apenas 27 horas depois de a filha nascer, deu-se uma tragédia.

Matt e Liz conheceram-se na faculdade e apaixonaram-se em pouco tempo. Iniciaram uma linda história de amor, e após concluírem os seus estudos decidiram unir as suas vidas através do casamento.

Pouco tempo depois, Liz engravidou. Como as famílias de ambos viviam em lugares diferentes, Liz decidiu fazer um blog para partilhar tudo sobre a sua gravidez, mantendo-os a todos a par do que se passava. Entretanto, o blog tornou-se bastante popular.

Infelizmente, a gravidez de Liz teve algumas complicações, pelo que teve de ser internada. Por fim, nasceu a linda bebé Madeline, sete semanas antes do previsto, por cesariana. Liz esteve muito pouco tempo com a bebé, pois era necessário descansar devido a todas as complicações.

No dia seguinte, quando Liz se levantou, sentiu-se mal e desmaiou durante o sono, 27 horas após o parto, e nunca mais acordou. Foi vítima de uma embolia pulmonar.

Matt ficou arrasado. Não entendia como a vida poderia dar-lhe tanta felicidade e tirá-la em tão poucas horas. Ele queria expressar o que sentia e decidiu dar uma vista de olhos no computador de Liz. Então, começou a ler o blog da sua esposa, que falava sobre a gravidez, e tomou a decisão de escrever nele. Passou horas a fazê-lo, o que ajudou a aliviar um pouco a sua dor. O blog foi muito importante no luto de Matt, acabado de perder o amor da sua vida.

Matt foi direto, aberto e muito honesto. O blog ganhou ainda mais fama, mesmo fora do círculo familiar, pois muitos queriam ver como era possível continuar a viver depois de tanto sofrimento.

Depois de alguns meses, o blog começou a ter 40 mil seguidores por dia. Todos os estranhos que passaram a visitá-lo acabaram por se tornar uma família para Matt, que confessou nunca ter imaginado que tantas pessoas simpatizariam com ele e o apoiariam no processo.

“Eu quero que, dentro de 20 anos, a minha linda filha se questione como eu consegui continuar, e veja todas as respostas que deseja obter neste blog iniciado pela sua mãe”, disse.

Entretanto, Rachel Ray convidou Matt para o programa dela, que aceitou e protagonizou uma entrevista muito emocionante.

Embora não tenha memórias da mãe, é uma sorte que Madeline tenha um pai como Matt, não acha?

PARTILHE!

Juíza condenada por corrupção sai arrastada da sala de tribunal

A solidão dos avós: a curta-metragem que tem emocionado o mundo